Irmãs Operárias

IRMÃS PEQUENAS OPERÁRIAS DE NOSSA SENHORA MEDIANEIRA

MISSÃO JUNTO AO SANTUÁRIO – BASÍLICA

Dom Ivo Lorscheiter, logo que assumiu a então, Diocese de Santa Maria, retomou a construção do Santuário Medianeira, há tanto tempo iniciada (1935). Foi então que pensou em uma comunidade religiosa que se dispusesse a trabalhar no santuário. Sentindo dificuldade de conseguir as Irmãs, começou a rezar muito pedindo à Mãe Medianeira que lhe ajudasse a encontrar.  Em Brasília, trabalhando na Confederação Nacional dos Círculos Operários que as encontrou.

No dia 16 de fevereiro de 1980, as Pequenas Operárias de Nossa Senhora Medianeira começaram a sua missão junto ao Santuário-Basílica. A irmã Terezinha da Silva, já falecida, foi a superiora geral e fez parte da história do Santuário. Ela deixou a Confederação Nacional dos Círculos Operários, em Brasília, para acompanhar e administrar financeiramente a construção do Santuário, juntamente com o Dr. Ery Camargo.

A Missão das Pequenas Operárias caracteriza-se por uma profunda espiritualidade Mariana. Assim, sob proteção de Maria, silenciosamente e com grande amor a Jesus, elas estão sempre presentes no Santuário, cuidando e zelando para que tudo esteja em ordem. As irmãs possuem um carisma especial, o qual cativa a todos que chegam ao Santuário. Elas têm a opção pelos pobres e no seguimento de Jesus lembram que ele quis ser também um operário.

FINALIDADES

1)  Viver e difundir a devoção a Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças, na forma aprovada pela Santa Igreja;

2)  Zelar pelo Santuário e colaborar nas atividades Pastorais do mesmo;

3)  Dar testemunho de consagradas no Mundo do Trabalho, de acordo com a sua profissão e evangelizar segundo a doutrina social da Igreja.